• espaco horizonte

Cappuccino!!




Sou apaixonada por Cappuccino!!


Lógico, tinha que ser uma bebida italiana...


As lendas falam que foi inventada por um um italiano, um monge chamado Marco D’Aviano que viveu no Século XVII.


A história revela que o Cappuccino surgiu em 1683, durante o desfecho de uma guerra: a libertação de Viena, na Áustria, por ocasião da invasão do Império Otomano.

D’Aviano, um monge italiano da ordem dos Franciscanos foi quem mais resistiu à invasão islâmica na Europa durante o século XVII, principalmente à entrada em Viena na Áustria por volta de 1683.

. Repelido pela força local o exército inimigo recuou deixando para trás sacas e mais sacas de café.


Este café um pouco amargo, deixado ali pelos turcos, não agradava ao paladar europeu. A solução foi acrescentar à bebida, um pouco de leite e mel. A mistura, que inclusive lembrava a cor amarronzada das vestimentas do monge, ganhou o nome de Cappuccino que significa: cappuccio - capuz – e ino – um sufixo de diminutivo do idioma italiano, formando “pequeno capuz”, que deram origem ao nome da bebida, Cappuccino.





A receita, antes feita de café filtrado, posteriormente ganhou a versão atual, ficando famosa na região de Viena e em toda a Europa sendo até os dias de hoje feita de café expresso e leite, este, tanto vaporizado quanto em espuma. A bebida adquiriu notoriedade e inúmeras variações ao redor do mundo. Hoje, ao Cappuccino, pode-se acrescentar avelã, macadâmia, mashmallow tostado, chocolate e especiarias.


O mel, antes tradicionalmente usado na receita, acabou sendo abolido.


Muito solicitada pelos apreciadores do café especial, a versão contemporânea é servida nas melhores cafeterias do mundo e faz parte dos concursos mundiais de latte art, que são os desenhos decorativos feitos sobre a bebida.


Consumida na Itália em torno de um ritual, durante o café da manhã, a bebida é chamada carinhosamente de Cappuccio. É preparada em equipamentos profissionais por barista experiente, que regula a temperatura do café e do leite. A proporção dos ingredientes também é importantíssima, pois a qualidade do Cappuccino é avaliada de acordo com a textura e espessura entre bebida e creme.


Considerada um patrimônio da Itália, a bebida tem algumas versões que acho importante ressaltar:

O cappuccino chiaro que leva mais leite do que o normal.

O cappuccino scuro que leva menos vapor de leite do que o normal.

O caffè latte, onde há uma dose de expresso, duas vezes o volume de leite quente e mais espuma de leite por cima.

O caffè macchiato onde a dose de expresso é apenas temperada com uma pequena camada de espuma de leite.


E nós ítalo-brasileiros que somos, apreciamos esta bebida e a tornamos parte do nosso dia a dia, neste mundo imensurável de bons e gloriosos cafés.

Vou deixar aqui uma receita de um Cappuccino brasileiro, versão caseira, preparado artesanalmente por mim. Espero que gostem e continuem se deliciando por esta bebida, seja ela italiana ou a simplesmente a nossa receitinha brasiliana...




Ingredientes:

  • 50 g de café solúvel

  • 250 g de leite em pó (integral ou desnatado)

  • 3 colheres (sopa) de chocolate em pó (não pode ser achocolatado)

  • 1 colher (chá) de bicarbonato de sódio

  • 1 colher (chá) de canela em pó

  • 250 g de açúcar


Modo de preparo:

  1. Bata o café no liquidificador ou mixer até resultar em um pó fino

  2. Acrescente o café aos demais ingredientes.

  3. Peneire toda a mistura em um bowl e pronto!

  4. A cada preparo, use duas colheres de sobremesa da mistura para uma xícara de água fervente.


Buon appetito!!