top of page
  • Foto do escritorespaco horizonte

“Gastronomia em Prosa” recebe a chef e historiadora mineira Juliana Duarte


Gastronomia em prosa
Gastronomia em prosa

Palestra gratuita abordou oportunidades e desafios do profissional gastrônomo


O Gastronomia em Prosa teve uma edição especial no dia 10 de maio para comemorar o Dia do Gastrônomo, celebrado na data. Promovida pela Faculdade  Senac de Gastronomia, a palestra foi gratuita e teve a presença do diretor de Hospitalidade e Gastronomia da instituição, o chef Edson Puiati, e como convidada especial, a chef, historiada mineira e proprietária do restaurante Cozinha Santo Antônio, Juliana Duarte.


O encontro foi realizado entre 11h30 e 12h30 e visou debater as oportunidades e desafios do profissional gastrônomo, além de ser um momento de troca entre profissionais da área, docentes, discentes e pessoas que com interesse em saber mais sobre a gastronomia, mercado de trabalho e áreas de atuação do profissional.


A palestra aconteceu no auditório do Senac em Belo Horizonte, localizado na rua dos Goitacazes, 1159 - 10º andar, Bairro Preto.






Mas afinal, quem é gastrônomo?

O coordenador do curso superior de Tecnologia em Gastronomia do Senac, Rafael Mattos, explica que o termo gastrônomo é utilizado para todo profissional com conhecimento em gastronomia, que pode ter formação ou experiência em diversas áreas, como culinária, hotelaria, nutrição ou gastronomia propriamente dita. Já o dia do Gastrônomo é uma celebração que homenageia os profissionais da gastronomia, reconhecendo sua contribuição para a culinária, cultura alimentar e o desenvolvimento da indústria alimentícia.



Atuação e desafios

Os tecnólogos em gastronomia têm uma variedade de oportunidades de atuação em diferentes setores da indústria gastronômica, incluindo restaurantes, hotéis, cruzeiros, catering, consultoria gastronômica, eventos, alimentação saudável e sustentável, desenvolvimento de produtos alimentícios, entre outros. Além disso, com a ascensão da gastronomia como forma de expressão cultural e turística, surgem novas áreas de atuação, como o turismo gastronômico e a gastronomia digital.


Rafael Mattos destaca que os principais desafios enfrentados por gastrônomos no mercado de trabalho incluem a alta competitividade, exigência por constante inovação e atualização, gestão eficiente de recursos e equipe, manutenção de padrões de qualidade e segurança alimentar, adaptação a diferentes demandas e preferências dos clientes, além da capacidade de lidar com situações adversas e imprevistos que possam surgir no dia a dia operacional.


Senac em Belo Horizonte – Barro Preto


O Senac, que faz parte do Sistema Fecomércio MG, Sesc, Senac e Sindicatos Empresariais, que integra a CNC – Confederação Nacional do Comércio, está em atuação em Belo Horizonte desde 1949.


Na unidade são ofertados cursos livres, de Aprendizagem Comercial e técnicos. Os alunos podem escolher cursos nas áreas de Artes, Beleza, Gestão e Comércio, Comunicação, Conservação e Zeladoria, Design, Educacional, Gestão, Hospitalidade, Idiomas, Informática, Meio Ambiente, Moda, Produção de Alimentos, Saúde, Segurança, Turismo e Gastronomia. Nesta unidade também funciona a Faculdade Senac, que oferta o Curso Superior de Tecnologia em Gastronomia.



Comments


bottom of page