top of page
  • Foto do escritorespaco horizonte

Vila Galé, rede de hotéis portuguesa investirá R$ 80 milhões em Ouro Preto



Rede de hotéis portuguesa investirá R$ 80 milhões no novo empreendimento

Ouro Preto sediará um novo hotel da rede Vila Galé, um dos maiores complexos hoteleiros de Portugal. O empreendimento, viabilizado por meio de articulação do Governo de Minas, será localizado no antigo colégio Dom Bosco, no distrito de Cachoeira do Campo, o mais populoso do município. Apenas na primeira fase do projeto, a Vila Galé vai investir R$ 80 milhões, gerando 120 empregos permanentes diretos e 600 empregos indiretos. A cerimônia de oficialização aconteceu no dia 18 de maio, às 16h, no colégio Dom Bosco, com as presenças do presidente e fundador da Vila Galé, Jorge Rebelo de Almeida, de representantes do Governo de Minas, da Prefeitura de Ouro Preto e do Grupo Salesianos, várias autoridades e convidados.



Autoridades presentes na cerimônia de oficialização do Vila Galé, antigo colégio Dom Bosco, no distrito de Cachoeira do Campo




Colégio Dom Bosco Foto: Wikipédia



Para o secretário de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, Leônidas Oliveira, a vinda da Via Galé é um divisor de águas para o Turismo no Estado. “É um momento histórico para Minas Gerais, porque há mais de 40 anos nós não recebíamos um empreendimento hoteleiro de uma bandeira internacional própria. Para além do Vila Galé em si, que é um nome reconhecido internacionalmente, essa chegada marca um novo tempo para os investimentos no Turismo de Minas. Acredito que as luzes da hotelaria mundial devem estar acesas para compreender que é isso o que vamos fazer, sobretudo a Vila Galé vai fazer, aqui em Ouro Preto e em Minas Gerais”, declarou Leônidas.




Leônidas Oliveira, Secretário de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais



O colégio Dom Bosco é um prédio histórico tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha-MG). A edificação – que foi quartel da Polícia Militar entre 1775 a 1891, quando foi transformada em uma escola Salesiana – será reformada para abrigar o primeiro hotel histórico de campo da rede hoteleira no Brasil. A unidade fará parte da linha Collection, composta por hotéis boutique, que dão ênfase à exclusividade, à cultura e à arte.

“Nossa preocupação com edifício que aqui está é a de recuperá-lo o mais próximo possível da realidade. E a realidade dele leva às origens da Polícia Militar. E para manter viva essa história é que vamos fazer um memorial da Polícia Militar, com a ajuda da própria instituição, para recuperar essa história, que faz parte da história de Minas Gerais e do Brasil. Outro memorial que vamos criar é dos Salesianos, que é uma escola exemplar com grande tradição no Brasil e em Portugal”, adiantou o presidente e fundador da Vila Galé, Jorge Rebelo de Almeida.




Presidente e fundador da Vila Galé, Jorge Rebelo de Almeida - Foto Revista Forbes



Além desses diferenciais, a unidade de Ouro Preto terá dois restaurantes, dois bares, sete salas de convenções, auditório, capela, biblioteca, sala de jogos, Spa Satsanga com piscina interior aquecida, clube infantil com parque aquático e entre outros atrativos.

O empreendimento contará com 182 quartos em uma primeira etapa, ganhando mais 46 posteriormente. As obras de restauro e ampliação devem iniciar último trimestre de 2023. A inauguração está prevista para 30 de dezembro de 2024.

“Com essa sábia decisão dos Salesianos, com todo o apoio do Governo do Estado, com nossa colaboração da Prefeitura de Ouro Preto, e como todo o entusiasmo das pessoas que sabem que o Turismo é o caminho certo para o nosso crescimento e para criação de emprego e renda, temos certeza que traremos desenvolvimento para toda a região de Ouro Preto, para Minas Gerais e para o Brasil”, disse o Prefeito de Ouro Preto, Angelo Oswaldo de Araújo Santos.




Ângelo Oswaldo de Araújo Santos, Prefeito de Ouro Preto


Histórico


As negociações para o novo empreendimento começaram em novembro de 2021. Em missão especial, a Secult deu o pontapé no trabalho de promoção internacional e atração de investimentos para o destino Minas Gerais começando por Portugal. A Invest Minas - Agência de Promoção de Investimentos vinculada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico – então embarcou nas tratativas com a Vila Galé, apresentando o Estado como um local estratégico para investimentos. Logo em seguida, a Agência iniciou as conversas com os Salesianos – então proprietários do Colégio Dom Bosco – e se ofereceu para apresentar a edificação ao mercado hoteleiro.

“A Invest Minas tem atuado fortemente na atração de negócios ligados ao turismo, identificando oportunidades nos municípios e apresentando ao mercado. O Villa Galé em Ouro Preto representa a materialização e sucesso dessas iniciativas. Será um catalisador do turismo em Ouro Preto, a partir da integração do patrimônio histórico e cultural com uma infraestrutura hoteleira de classe mundial”, afirma a assessora Estratégica para Negócios em Turismo da Invest Minas, Bárbara Botega.

Já para os Salesianos, a decisão de fechar negócio com a Vila Galé foi amparada pela necessidade de preservação do patrimônio histórico. “Sabemos a importância do Centro Dom Bosco para Minas Gerais, para Ouro Preto e, principalmente, para Cachoeira do Campo. E escolhemos o grupo Vila Galé por vários motivos. O primeiro foi para manter nossa missão Salesiana viva. Em segundo, para manter o patrimônio histórico, pois é muito desafiador manter uma estrutura como essa se não tivermos boas parcerias. Queremos que essa parceria dê significado e traga impacto social para esta comunidade e para o Estado de Minas Gerais”, disse o Padre Moacir Scari, ecônomo dos Salesianos.


Preservação de Patrimônios



Dos 41 hotéis da rede – dez no Brasil e 31 em Portugal –, oito estão em prédios históricos que foram recuperados: Vila Galé Collection Braga, Vila Galé Collection Palácio dos Arcos, Vila Galé Collection Elvas, Vila Galé Collection Alter Real, Vila Galé Albacora, Vila Galé Rio de Janeiro, Vila Galé Collection S. Miguel, Vila Galé Collection Tomar.

Esse número deve chegar a 10 hotéis com o Vila Galé Collection Sunset Cumbuco, que possui previsão de inauguração no final de 2024, e o Vila Galé Collection Ouro Preto. O edifício, assim como a própria cidade mineira, encantou Jorge Rebelo quando de sua primeira visita à cidade, em novembro de 2022. “Eu não conhecia a cidade e fiquei impressionado. Vamos fazer o que mais me dá prazer: a conversão de patrimônios históricos, será um resort de campo”, afirmou, na ocasião, o presidente da Vila Galé.

Apenas no ano passado, a rede hoteleira registrou faturamento de R$ 464 milhões em suas unidades no Brasil. Assim, a chegada em Ouro Preto representa geração de emprego e renda para o município e cidades vizinhas. A rede ainda tem histórico importante no desenvolvimento das comunidades locais, oferecendo cursos de idiomas e boas práticas para atendimento ao turista.

“A chegada da Vila Galé movimentará a economia criativa, pois terá a cozinha mineira e a mineiridade como elemento central, e vai gerar emprego e renda, meta mestra do Governo de Minas”, finalizou o secretário Leônidas.



Ângelo Oswaldo de Araújo Santos, Prefeito de Ouro Preto, Presidente e fundador da Vila Galé, Jorge Rebelo de Almeida e Marcelo Sousa e Silva, Presidente do Sebrae MG e da CDL/BH - Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte




Rui Almeida, Consul de Portugal em Minas Gerais, Ângelo Oswaldo de Araújo Santos, Prefeito de Ouro Preto, José Antônio Bastos, diretor Geral do Vila Galé Salvador, Leônidas Oliveira, Secretário de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais e Jorge Rebelo de Almeida, Presidente e fundador da Vila Galé




Antônio Claret Guerra, Presidente do MG Turismo, Jorge Rebelo de Almeida, Presidente e fundador da Vila Galé e Suely Calais, diretora do MG Turismo




Sandrinha Coelho, Presidente do Jornal Horizonte e Camilla Motta, da Comunicação do Vila Galé




Beth Ribeiro, da Victory Eventos, Luciana Borges, Assessora Chefe de Comunicação da Secult e Charles Douglas do @culturalizabh




Jorge Rebelo de Almeida, Presidente e fundador da Vila Galé oficializando a parceria do empreendimento





Leônidas Oliveira, Secretário de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais oficializando a parceria do empreendimento


bottom of page