top of page
  • Foto do escritorespaco horizonte

Congressistas do XXXVIII Congresso da Abrajet visitam o Instituto Inhotim




Congressistas da Abrajet visitam Inhotim e conhecem um pouco mais de Minas Gerais



Terceiro dia do XXXVIII Congresso Nacional da Abrajet contou com passeio a um dos maiores museus a céu aberto do mundo. À noite, convidados jantaram com o Secretário Nacional de Planejamento, Sustentabilidade e Competitividade do Ministério do Turismo, Milton Zuanazzi.


A programação de sexta-feira, 24/11, começou cedo para os participantes do XXXVIII Congresso Nacional da Abrajet. Pontualmente às 8 horas, os congressistas seguiram do Hotel Plaza BH rumo ao Instituto Inhotim, um dos mais espetaculares museus de arte contemporânea do mundo, que fica em Brumadinho, a 60 km da capital mineira, para um dia dedicado ao turismo cultural.





Por lá, a turma de jornalistas visitou algumas das principais galerias de arte do local, entre elas a mais recente por lá, da artista japonesa Yayoi Kusama. O Inhotim conta com mais de vinte galerias dispostas em uma área verde com mais de 140 hectares,  tudo tomado por belos jardins. No caminho entre as galerias e jardins, obras de arte a céu aberto se juntam a flores, árvores e lagos que desenham o percursos dos visitantes. Os congressistas da Abrajet também aproveitaram a gastronomia do Inhotim e almoçaram no extraordinário restaurante Tamboril.



Almoço no Restaurante Tamboril
Almoço no Restaurante Tamboril

Almoço no Restaurante Tamboril
Almoço no Restaurante Tamboril


Almoço no Restaurante Tamboril
Almoço no Restaurante Tamboril

Almoço no Restaurante Tamboril
Almoço no Restaurante Tamboril

Sobremesa do Restaurante Oiticica
Sobremesa do Restaurante Oiticica



Instituto Inhotim
Instituto Inhotim


Congressistas no passeio ao Instituto Inhotim
Congressistas no passeio ao Instituto Inhotim

Congressistas no passeio ao Instituto Inhotim
Congressistas no passeio ao Instituto Inhotim

Congressistas no passeio ao Instituto Inhotim
Congressistas no passeio ao Instituto Inhotim


De volta a Belo Horizonte, a noite foi de jantar especial na 68 Pizzeria, que recebeu os 80 participantes do XXXVIII Congresso Nacional da Abrajet. O evento também contou com a ilustre participação do Secretário Nacional de Planejamento, Sustentabilidade e Competitividade do Ministério do Turismo, Milton Zuanazzi, reforçando a importância do Congresso Nacional para a pasta.



Secretário Nacional de Planejamento, Sustentabilidade e Competitividade do Ministério do Turismo, Milton Zuanazzi, recebendo o troféu da Abrajet
Secretário Nacional de Planejamento, Sustentabilidade e Competitividade do Ministério do Turismo, Milton Zuanazzi, recebendo o troféu da Abrajet



O secretário recebeu uma homenagem das mãos do presidente nacional da Abrajet, Evandro Novak, e do presidente da Abrajet/MG, José Aparecido Ribeiro, e falou da importância dos jornalistas de turismo brasileiros para a divulgação e promoção dos nossos destinos. Na ocasião, o secretário também deu um spoiler do que virá na votação do orçamento da pasta para 2024: "na semana que vem, a votação do orçamento do Ministério do Turismo deverá trazer boas surpresas para o setor", adiantou.



Jantar nJantar na 68 Pizzariaa 68 Pizzaria
Jantar na 6Jantar na 68 Pizzaria8 Pizzaria

Jantar na 68 Pizzaria
Jantar na 68 Pizzaria

Jantar na 68 Pizzaria
Jantar na 68 Pizzaria




TURISMO PUJANTE EM MINAS GERAIS


Minas Gerais registrou crescimento da atividade turística em 103% a mais do que a média nacional nos últimos 12 meses e há três anos é  o estado que mais cresce em turismo no Brasil. "Não só aquelas cidades que já eram tradicionalmente movimentadas, e nós temos tantas, mas agora a gente está conseguindo chegar ao turismo de valor agregado, de alta gastronomia, de aventura, de experiência na atividade rural, de natureza nos nossos parques", explica Professor Mateus, vice-governador do estado.


A cultura é uma das principais áreas que atraem turistas a Minas Gerais. O Instituto Inhotim é prova disso. O museu de arte contemporânea e Jardim Botânico idealizado pelo empresário mineiro Bernardo Paz é considerado um dos maiores museus a céu aberto do mundo. Sua localização privilegiada – entre os ricos biomas da Mata Atlântica e do Cerrado –, e as paisagens exuberantes ao longo dos 140 hectares de visitação proporcionam aos visitantes uma experiência única que mescla arte e natureza.


Gerido pela Fundação Clóvis Salgado, o Circuito Liberdade, em Belo Horizonte, possui 32 equipamentos, sendo o Palácio da Liberdade o centro cultural mais recente do complexo, desde a cessão do espaço para a Secult em setembro de 2022. Exposições, bate-papos, mostras e festivais têm dinamizado a programação do Circuito Liberdade, cujo público, entre janeiro e julho deste ano, já supera o total de 2022, com 2,8 milhões de participantes de atividades presenciais e virtuais. O primeiro semestre, inclusive, foi o que registrou a maior frequência de público desde a criação do Circuito, em 2010, chegando ao número de 2,3 milhões de pessoas em junho.


Cidade criativa da Gastronomia pela Unesco, a capital Belo Horizonte ferve de boas novidades na área, como a Galeria São Vicente, em plena Praça Raul Soares. Por lá é possível conhecer bares eleitos entre os 50 melhores do país, como o Palito, bebidas locais, como a Fermentaria Lambe Lambe, comidas de estufa do Pirex e muito mais. Também no centro, a região da Praça da Estação conta com o Montê Bar, no icônico Edifício 104, e do outro lado, o Baixaria, bastante concorridos e super charmosos. Fora do eixo, o bairro Serra abriga o imperdível Per Lui, restaurante exclusivo de menu degustação do chef Yves Saliba. E no bairro de Lourdes, encontram-se o Glouton e o Ninita, do incensado chef Leonardo Paixão, eleito o melhor chef homem pelo novo Prêmio Cumbucca de Gastronomia.



Congressistas no passeio ao Instituto Inhotim com visita guiada
Congressistas no passeio ao Instituto Inhotim com visita guiada

Congressistas no passeio ao Instituto Inhotim com visita guiada
Congressistas no passeio ao Instituto Inhotim com visita guiada


A primeira edição do Prêmio Cumbucca aconteceu na última terça-feira, 21 de novembro, no Palácio das Artes, principal equipamento cultural de Minas Gerais. Entregue a 50 categorias, a iniciativa coroou o melhor da gastronomia mineira e entregou a Cumbucca de Ouro à personalidade gastronômica do ano, chef Ivo Faria. Com curadoria-geral do jornalista Rafael Rocha, o time contou ainda com Marcelo Wanderley, diretor-geral e fundador da plataforma Cumbucca e Marcia Martini, uma das fundadoras da Frente da Gastronomia Mineira, na criação de um guia, com 100 dicas gastronômicas de todo o estado, disponíveis pelo link https://bit.ly/3usACe5 .


O Natal da Mineiridade é outro destaque deste final de ano. No dia 2 de dezembro está marcada a estreia das luzes da Praça da Liberdade, no Circuito Liberdade, em BH. A iniciativa do  Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult), prevê mais de 600 eventos oficiais em 450 municípios do estado, que prometem movimentar 3,2 milhões de pessoas entre moradores e turistas. O secretário de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, Leônidas de Oliveira, destacou que o Natal da Mineiridade é pensado para integrar todas as regiões de Minas, que receberão atividades diversas no período natalino e terão suas economias aquecidas pelo grande movimento turístico.


“Operadoras já estão vendendo pacotes para o Natal em todo o estado e de forma muito especial naqueles municípios mais tradicionais, como são as cidades barrocas, que possuem um Natal histórico e de muito mercado para o turismo. Junto a Minas Gerais, BH se consolida nesse grande nicho, que faltava nessa época do ano para lotar os hotéis. Isso incrementa a economia e movimenta toda uma cadeia produtiva, sobretudo os bares e restaurantes do estado inteiro”, comenta Oliveira.


Minas Gerais quadruplicou o número de voos internacionais diretos este ano, chegando a oito destinos: Lisboa, Panamá, Bogotá, Fort Lauderdale, Orlando, Curaçao e, mais recentemente, Santiago e Buenos Aires. O gestor de Conectividade e Aviação do BH Airport, Clayton Begido, destaca a posição do terminal como um dos três principais hubs de destinos do Brasil. “Buenos Aires é o primeiro destino internacional de muitos brasileiros e já era um desejo antigo dos mineiros. Realizar essa rota com a Gol é uma oportunidade ímpar de estreitar os laços e fortalecer a parceria. Essa é uma notícia a ser celebrada pelo estado de Minas Gerais, que fica cada vez mais internacional e mais acessível para turismo, geração de oportunidades e negócios”.


Internamente, três novas rotas turísticas foram oficializadas durante o 35ª Festuris, que aconteceu no início do mês de novembro, em Gramado, no Rio Grande do Sul, com objetivo de potencializar, ainda mais, o turismo mineiro. Durante a feira, foram apresentadas a Rota das Artes, a Rota Cafés do Sul de Minas e a Rota Turística do Café do Cerrado Mineiro. Os três itinerários são fruto do Projeto Diversifica, desenvolvido pela Secult-MG, em parceria com o Sebrae e as Instâncias de Governança Regionais (IGRs).


De janeiro a julho, 3,5 milhões de passageiros desembarcaram nos aeroportos de Minas Gerais, um crescimento de 20% em relação ao mesmo período de 2022. Já o número de pousos de aeronaves subiu 18%, totalizando 35.318 aterrissagens nesse intervalo de tempo. Mais de 551 mil pessoas desceram em solo mineiro apenas em julho. Dos voos domésticos, a maior parte dos turistas veio de São Paulo (39%), Minas Gerais (20%) e Bahia (9%).


Confira mais sobre o turismo em Minas Gerais pelo site da Agência Minas (https://bit.ly/46qDmpT).



XXXVIII CONGRESSO NACIONAL ABRAJET


Com o tema “O Valor e a Importância da Abrajet para a Divulgação do Setor Turístico Nacional e de Minas Gerais, seus Destinos Culturais e Históricos”, o congresso acontece até o dia 26 de novembro, em Belo Horizonte.


O XXXVIII Congresso Nacional da ABRAJET tem opatrocínio da CODEMGE e o apoio do Sesc em Minas e se dá com base no cumprimento do Acordo de Cooperação Técnica nº 002/2023, celebrado entre o Ministério do Turismo, o Serviço Social do Comércio (Sesc) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). O apoio visa a promoção do encontro de jornalistas especializados na difusão do turismo, como forma de contribuir para o fomento de toda cadeia produtiva do turismo e seus agentes impulsionadores.


Fotos Alberto Wu

Comentarios


bottom of page