• espaco horizonte

Moqueca de Filhote com Camarão





Continuando nossa festa na cozinha, este último final de semana fiz uma moqueca do peixe Piraíba, conhecido como filhote, que meu filho trouxe do Rio Amazonas.

Ainda não conhecia o sabor desta carne tão consumida no Norte do país.

Procurei saber mais a respeito deste peixe e passo a vocês as informações e a receita desta iguaria amazonense.




O peixe de água doce chamado Piraíba é conhecido popularmente como Filhote. ...

Realiza a Piracema. É capaz de migrar 4 mil quilômetros para encontrar o local ideal para lançar seus ovos. Ao lado do Pirarucu, Tambaqui e Tucunaré, é considerado um dos peixes nobres da culinária amazônica.


É o maior peixe de couro da Bacia Amazônica depois do Pirarucu, podendo alcançar 3 m de comprimento e 150 kg de peso. Possui corpo roliço, cabeça deprimida, com os olhos pequenos e situados no seu topo. É da família dos grandes bagres.


É carnívoro e habita em lugares profundos, poços e remansos, saídas de corredeiras e confluência de grandes rios. Na Amazônia, é encontrado ao longo da costa da Ilha de Marajó. Tem ocorrência alta nas bacias do Araguaia e do Amazonas.


É de grande importância comercial, possuindo carne bastante versátil e muito apreciada na culinária brasileira. Os filés inteiros, vão bem assados, fritos, na chapa ou cozidos.

O sabor é intenso e a carne tem uma textura parecida com carne de porco.

Agora, que conhecemos o anfitrião da festa, vamos comê-lo...



E aí vai a receita:

INGREDIENTES:

  • 2 kg de peixe filhote em postas

  • 2 k de camarão limpo e sem cabeça

  • 3 limões



  • 1 colher (sopa) de sal

  • 2 pimentões pequenos amarelos

  • 2 pimentões pequenos vermelhos

  • 6 tomates sem casca e semente




  • 4 cebolas raladas



  • 1 vidro de leite de coco de 1/2 litro

  • 3 colheres (sopa) de azeite de dendê

  • 1 colher (sopa) de colorau

  • azeite ( coloco muito...)

  • pimenta do reino

  • coentro à parte

  • pimenta malagueta à parte




MODO DE PREPARO Tempere o peixe com o limão, pimenta do reino e o sal, e deixe descansar por 1 hora. Lave o camarão, tempere com sal e deixe descansar por 1 hora na geladeira. Em uma panela grande de barro, coloque azeite, o alho picado e o colorau. Deixe dourar bem. Deixar em fogo baixo.

Coloque em camadas, primeiro o tomate, depois a cebola, o pimentão amarelo, o vermelho e por último as postas do peixe. Salpique camarão por cima do peixe para dar sabor ao cozimento.

Faça outra camada na mesma sequência. Depois de montada as camadas, elas não poderão mais ser mexidas.





Deixe começar a ferver, acrescente o leite de coco e o azeite de dendê. Coloque bastante camarão por cima.




Deixe cozinhar por mais um pouco e acerte o sal.

O peixe e o camarão cozinham muito rápido.




Como algumas pessoas não gostam de coentro e pimenta, servir à parte.




Para acompanhar esta moqueca, nada melhor do que seguir a tradição da região norte. Uma farofa de manteiga... Vamos lá!


INGREDIENTES

  • 300 gr de manteiga com sal

  • Salsinha

  • 6 xícaras de farinha de mandioca de boa qualidade, fina e torrada

  • 1 pitada de sal





Em uma caçarola alta, em fogo médio, coloque a manteiga para derreter.

Em seguida coloque a farinha de mandioca, uma xícara de cada vez e a pitada de sal.

Abaixe o fogo e mexa revolvendo-a por uns 5 minutos até que a farofa fique tostada e crocante.

Salpique cebolinha por cima.

Fica sequinha, bem crocante e deliciosa!






Bom apetite!!!


Sandrinha Coelho

<