• espaco horizonte

Trabalho da artista polonesa NeSpoon traz um toque de beleza e delicadeza ao caos urbano!


Pont-l’Abbe, França


O Jornal @espacohorizonte vai apresentar para vocês uma maneira diferente de colocar rendas - no espaço urbano!


A renda é um tecido fino e delicado, transparente e trabalhado na malha aberta formando desenhos variados.


Pode ser trabalhado se entrelaçando fios de linhos, seda, algodão, ou até mesmo ouro em sua estrutura.


A renda pode ser aplicada em roupas e acessórios, como toalhas de mesa, blusas e vestidos e inúmeros trabalhos que fazem a criatividade aflorar.


E é assim, através da criatividade que a artista polonesa que nasceu em Varsóvia, conhecida como NeSpoon, brinca de rendeira enfeitando as ruas e as galerias de varias cidades do mundo.



Praia de Singita, Itália



Ela busca nas intervenções urbanas uma forma positiva e inovadora de destacar a produção de rendas ornamentais.

As rendas, que são trabalhos delicados e pequenos, nas mão da artistas se tornam enormes, grandiosos e cobrem com delicadeza troncos de árvores, edifícios paredes ou chãos que são pintados através de estêncil ou cerâmica.


Todas as obras são feitas manualmente pela artista, ou em parceria com outros profissionais que tenham um estilo folk.



Mural na fachada do Musée des Beaux-arts et de la Dentelle, em Alençon, França



“Eu crio trabalhos que misturam arte de rua, cerâmica, pintura, escultura e joalheria tendo como principal tema as rendas. Eu sempre penso em oferecer algo positivo e de transformá-la em alegria para as pessoas. Às vezes, também a utilizo minhas obras para expressar questões que considero importantes, como política”.




Lofoten, Noruega

.


Em Lofoten, Noruega, NeSpoon usou um padrão de renda de Veneza. A história conta que ali, no século 15, um Capitão italiano de Veneza chamado Querini naufragou seu navio. Veneza é muito conhecida por suas rendas e foi daí que ela teve essa grande inspiração nesta obra.



Mural feito para o Festival da Emergência em Valverde na Sicília



"Na renda existe um código estético que está profundamente enraizado em todas as culturas. Em cada renda encontramos simetria, algum tipo de ordem e harmonia, não é isso que todos buscamos instintivamente?" nos faz refletir, a artista.



Varsóvia, Polônia



E questionada porquê escolheu a arte de rua?


Ela responde: - "Porque te dá liberdade!"


O trabalho de NeSpoon é maravilhoso e ela consegue através de sua arte minimizar e harmonizar as intervenções urbanas com toda a leveza da renda.



Festival NO LIMIT, em Borås, Suécia



Renda aplicada em cerâmica e sobreposta em mural rendado na Bolonha, Itália




Sintra, Portugal – Parque da Pena


Contato:


Instagram - @nes.poon


https://www.behance.net/nespoon



Imagens: Divulgação NeSpoon