• espaco horizonte

Vacinação contra a gripe começa nesta segunda-feira dia 12 de abril, em Belo Horizonte




Conforme anunciado pela Prefeitura de Belo Horizonte, crianças de 6 meses a 11 meses e 29 dias, gestantes, puérperas e trabalhadores da saúde que atuam em hospitais (públicos, filantrópicos e privados), centros de saúde, UPAs e SAMU começam a receber a vacina contra a Gripe nesta segunda-feira, dia 12 de abril de 2021. A definição do primeiro grupo contemplado para a imunização segue orientação do Ministério da Saúde.


Ao contrário dos últimos anos, os idosos não serão vacinados no início da campanha. “Vamos ter duas campanhas simultâneas de vacinação em Belo Horizonte, a da Gripe e a da Covid. Por medida de segurança, quem recebeu a vacina contra Covid-19 precisa respeitar o intervalo mínimo de 14 dias para receber a dose da vacina contra Gripe. À medida que novas doses forem recebidas, Belo Horizonte irá ampliar os grupos a serem vacinados, respeitando este intervalo”, explica o subsecretário de Promoção e Vigilância à Saúde, Fabiano Pimenta. Belo Horizonte recebeu, até o momento, 86.800 doses da vacina contra a Gripe. O Ministério da Saúde irá repassar as doses da vacina de forma escalonada.


No município, a estimativa é que sejam cerca de 3 mil crianças de 6 meses a 11 meses e 29 dias; 22 mil gestantes; 3 mil puérperas e cerca de 105 mil trabalhadores da saúde atuando em hospitais, SAMU, Centros de Saúde e UPAs. A meta é vacinar 90% do público. A vacinação em crianças, gestantes, puérperas e trabalhadores da atenção primária será realizada nos centros de saúde, no horário de rotina das salas de vacinas, com exceção das nove Unidades 24h. “Nesta etapa, o grupo que irá se vacinar nas unidades é relativamente pequeno. Os Centros de Saúde têm estrutura para realizar as duas campanhas de forma simultânea, segura e eficaz”, afirma Fabiano. Já a aplicação das doses para os profissionais de saúde de hospitais, UPAs e SAMU será realizada em cada instituição. “Quando o grupo for ampliado, vamos adotar estratégias diferenciadas, como, por exemplo, abertura de postos extras”, acrescenta o subsecretário. Em 2020, Belo Horizonte vacinou mais de 1 milhão de pessoas. Os endereços dos centros de saúde e os horários estão disponíveis no Portal da Prefeitura ou por aqui.