top of page
  • Foto do escritorespaco horizonte

Minas é sucesso no Madrid Fusión


Delegação Brasil no Madrid Fusion



MINAS GERAIS É SUCESSO NO MADRID FUSIÓN COM O CRQA e INHAC


Público recorde do evento aprovou os queijos e pratos mineiros levados para degustação no estande do Brasil.

A edição 2023 do Madrid Fusión superou as expectativas. Com o tema "Sem Limites", o maior congresso gastronômico do planeta reuniu, na capital espanhola, mais de 21 mil visitantes, quase 2 mil chefs-congressistas e mais de mil jornalistas especializados de todo o mundo. O estande brasileiro foi destaque nos três dias de evento, com grande protagonismo de Minas Gerais, representada pelo Centro de Referência do Queijo Artesanal - MG, a convite da Embratur - Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo, e a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais.


O CRQA preparou degustações de queijos artesanais mineiros - das regiões da Canastra, Mantiqueira, Campo das Vertentes, Diamantina e Serro - selecionados em parceria com a Associação Mineira dos Produtores de Queijo Artesanal - AMIQUEIJO, de rótulos premiados da Café Campos Altos, e de cachaças de grande qualidade produzidas pelo Engenho Buriti. O público também pôde experimentar pratos tradicionais de Minas, preparados pelo chef mineiro Gabriel Sodré.



O chef Gabriel Sodré em ação



Em formato cooking show, ele preparou iguarias como frango com quiabo e angu, pão de queijo, bombocado e vaca atolada, enquanto contava sobre as riquezas dos ingredientes, costumes, histórias e curiosidades da cultura gastronômica de Minas Gerais. “Foi uma experiência muito importante participar do Madrid Fusión representando a minha terra. Eu fiz minha carreira na gastronomia fora do Brasil, mas meu começo e minha referência são em Minas. E é muito bom contribuir para divulgar e fortalecer a nossa cultura, principalmente neste momento em que se prepara a candidatura dos “Modos de Fazer o Queijo Minas Artesanal” a patrimônio da humanidade da UNESCO ”, comemora o chef.


O sucesso dos produtos e pratos de Minas Gerais foi grande, com muitos visitantes acompanhando os preparos, interessados, fazendo perguntas e pedindo para repetir as degustações. "É inegável a qualidade dos produtos tradicionais de Minas, e a riqueza da cultura gastronômica. Em todas as ações internacionais que já fizemos com o Centro de Referência do Queijo Artesanal - MG, pessoas de todo o mundo se encantaram e quiseram saber mais.


E, em Madrid não foi diferente. Este é, mesmo, um dos objetivos do Centro de Referência: levar Minas para o mundo e, assim, contribuir para o desenvolvimento dos nossos produtos e mercado", aponta a diretora-executiva do CRQA e INHAC, Sarah Rocha. Com previsão de inauguração do espaço físico, em Belo Horizonte, marcada para março, o Centro de Referência vem conectar produtores e consumidores, com exposição sobre os modos de fazer o queijo, biblioteca de gastronomia, atividades formativas, entre outros.



Pão de Queijo no Madrid Fusión



“Fizemos história nesta edição do Madrid Fusión, a partir da parceria entre o Governo de Minas, o Centro de Referência do Queijo Artesanal e a Embratur. Foram três dias em que a cozinha mineira esteve em destaque, promovendo Minas Gerais como um destino turístico internacional de grande importância no segmento da gastronomia. Tanto os elementos tradicionais da nossa cozinha quanto a sofisticação trabalhada pelos chefs conquistaram os paladares e a atenção do público que se encantou com o nosso estande. A partir dessa experiência, já vislumbramos novas possibilidades para Minas Gerais nesse setor", comemora o secretário de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, Leônidas Oliveira.



Chef Gabriel Sodré, Priscila Izidoro e Sarah Rocha




Sobre o Centro de Referência do Queijo Artesanal - MG e Instituto de Hospitalidade e Artes Culinárias


O Centro de Referência do Queijo Artesanal MG - CRQA foi pensado para proporcionar uma experiência imersiva no mundo dessa iguaria. Com arquitetura e projeto expositivo bem trabalhados, a ideia é ensinar, entreter visitantes de todas as idades e homenagear o queijo como grande símbolo da cultura mineira. A geração e difusão de conhecimento é um pressuposto importante para o Centro de Referência do Queijo Artesanal, e para tanto, teremos uma sala de aula completa e equipada com uma cozinha didática. O espaço vai receber cursos e atividades formativas em temas da cultura e gastronomia, com o intuito de fomentar discussões, preparar profissionais e suscitar assuntos importantes para o desenvolvimento do mercado.



Já o Instituto de Hospitalidade e Artes Culinárias - INHAC tem como conceito principal o resgate e inserção profissional de jovens, ao mesmo tempo em que fomenta o mercado da gastronomia em Minas Gerais. Com curadoria do chef Leonardo Paixão - do restaurante Glouton, indicado aos 50 Melhores Restaurantes da América Latina em 2021 e 2022 -, a escola inicia o ano com a seleção dos alunos e treinamento do corpo docente. A partir do segundo semestre, o Instituto de Hospitalidade e Artes Culinárias vai oferecer cursos técnicos gratuitos para jovens em situação de vulnerabilidade social no contraturno escolar.


Para participar da seleção, os interessados precisam estar matriculados no segundo grau em escolas públicas, além de, preferencialmente, viverem em abrigos/casas-lar, com recorte especial de gênero, dando oportunidades às meninas. Os alunos receberão transporte e alimentação, além de uniforme e acompanhamento psicopedagógico.


O CRQA-MG e INHAC contam com patrocínio da Gerdau, Aperam, Cedro Mineração, Instituto Unimed BH, Claro, Cemig, Ventana Serra e EPO; apoio da Anglo Gold Ashanti, Espaço 356, Grupo Delly's, Grupo Sada e SDS Siderúrgica; além do Apoio Institucional do Sebrae.



Visitante degustando queijo mineiro



SERVIÇO:

CENTRO DE REFERÊNCIA DO QUEIJO ARTESANAL E INHAC


Espaço 356 (Rua Adriano Chaves e Matos, 100 - Olhos D'Água)

Previsão inauguração: Março/2023

Instagram: @queijoecultura



Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page