top of page
  • Foto do escritorespaco horizonte

Joanna Scharlé Encanta Belo Horizonte na Solenidade da "Moeda Comemorativa Minas Gerais 300 Anos"


Joanna Scharlé e o Comendador Gladstone Lopes
Joanna Scharlé e o Comendador Gladstone Lopes

A capital mineira recebeu na última semana um evento de grande relevância cultural e histórica. No dia 9 de novembro, a renomada Academia de Polícia Militar de Belo Horizonte abriu suas portas para abrigar uma exposição de nanquins da artista plástica Joanna Scharlé, que homenageou o ilustrador escritor Guimarães Rosa. O evento foi parte integrante da solenidade de entrega da "Moeda Comemorativa Minas Gerais 300 Anos" a personalidades civis e militares que se destacam pelos serviços prestados ao povo mineiro.

A exposição intitulada "Nanquins de Guimarães Rosa” é uma reverência à obra do consagrado autor mineiro João Guimarães Rosa, famoso por suas obras literárias que celebram a cultura e o sertão do interior de Minas Gerais. Joanna Scharlé, artista plástica de renome internacional e benemérita do Priorado dos Inconfidentes, decidiu explorar a sensibilidade dos nanquins feitos através de várias técnicas, para retratar a profunda conexão entre a obra de Guimarães Rosa e a alma do povo mineiro.



Exposição de nanquins da artista plástica Joanna Scharlé, em homenagem a Guimarães Rosa
Exposição de nanquins da artista plástica Joanna Scharlé, em homenagem a Guimarães Rosa

Os nanquins de Scharlé são uma verdadeira manifestação artística, capturando a essência da narrativa do escritor e a riqueza de detalhes que permeiam suas histórias. Cada obra é uma janela para o universo literário de Rosa, onde as paisagens, os personagens e as tramas ganham vida em tons de cinza e preto, revelando a maestria do artista em explorar as sutilezas da técnica.


A escolha da Academia de Polícia Militar como local da exposição acrescenta um elemento simbólico à celebração. O local é um espaço historicamente significativo para o estado de Minas Gerais, que desempenhou um papel fundamental na Revolução Inconfidente, um dos episódios mais emblemáticos da história brasileira. O Priorado dos Inconfidentes, onde Joanna Scharlé é benemérita, é uma organização dedicada à preservação da memória desse período crucial da história de Minas Gerais.



Francisco Campera, Cel. Flávio Augusto e  a artista plástica Joanna Scharlé
Francisco Campera, Cel. Flávio Augusto e a artista plástica Joanna Scharlé

Joanna Scharlé - Artista Benemérita do Priorado dos Inconfidentes
Joanna Scharlé - Artista Benemérita do Priorado dos Inconfidentes

Além da exposição de nanquins, a data foi marcada pela entrega da "Moeda Comemorativa Minas Gerais 300 Anos" a personalidades civis e militares que se destacaram pelos serviços prestados ao povo mineiro. A solenidade foi uma oportunidade para refletir e homenagear aqueles que estão desenvolvendo significativamente para o desenvolvimento e a cultura de Minas Gerais.



Solenidade de entrega da Moeda Comemorativa Minas Gerais 300 Anos
Solenidade de entrega da Moeda Comemorativa Minas Gerais 300 Anos


A exposição de nanquins de Joanna Scharlé é, sem dúvida, foi um dos destaques do evento que celebra o tricentenário do estado. Os amantes da literatura, da arte e da história tiveram a oportunidade de mergulhar na rica imaginação de Guimarães Rosa, recriada de forma magistral por talentosa artista.


Foi uma excelente oportunidade para se conectar com as raízes culturais de Minas Gerais e celebrar um dos estados mais icônicos do Brasil.



Joanna Scharlé, Cel. Flavio Augusto e Cel. Alan Elias da Silva
Joanna Scharlé, Cel. Flavio Augusto e Cel. Alan Elias da Silva


Comments


bottom of page