top of page
  • Foto do escritorespaco horizonte

Gin ... de remédio à bebida da moda


Yara Tupynambá e eu com a tela e o Gin com rótulo de sua obra do meu acervo particular em exposição permanente no Ajê



Há quem diga que não passa de um destilado perfumado, outros o reverenciam como uma bebida aromática intrigante, porem independentemente das controvertidas opiniões, certo é que o Gin tem seu lugar de destaque no universo das bebidas.


Apresentado ao mundo pela Inglaterra, o Gin a bem da verdade teve sua origem na Holanda com a intenção de ser um diurético para problemas renais em meados do Sec. XVII através do professor e médico Francisco de la Boie, – também conhecido como Sylvius.


Seu nome é proveniente das variações do nome do zimbro (ingrediente indispensável na fórmula), que em holandês é genever, genievre em francês e ginepro em italiano.


O que se sabe é que o “remédio” fez tanto sucesso a ponto de ser consumido por quem não sofria de nenhum tipo de enfermidade e seu sabor característico logo caiu nas graças do povo.


Garrafas do Gin Art Mineira do Ajê e em primeiro plano o rótulo de Luiz Pêgo



Grande aliado dos soldados ingleses durante a Guerra dos Trinta anos, com o objetivo de esquentar o corpo e espantar o frio o Gin continuou sendo degustado mesmo após voltarem para casa passando a ser consumido por um grande número de pessoas o que se intensificou com a invenção do alambique contínuo de Coffey e o consequente aumento da produção em larga escala.


Atualmente existe uma variedade considerável da bebida. Há receitas que levam raiz de angélica, coentro, baunilha, noz moscada, laranja, limão entre outros botânicos.


No entanto, o destilado só pode ser considerado gin se ele contar com a presença do zimbro.


Confesso não ser um especialista na bebida porém a curiosidade me fez pesquisar acerca de sua origem e me encantou o universo de possibilidades que a mesma oferece o que me motivou a firmar uma parceria e lançar em meu Bistrô uma edição limitada com rótulos de artistas mineiros em meu projeto de propagação da arte e da cultura.



A artista plastica Solange Raso com a garrafa de Gin que ostenta sua obra - O Guardião do Rei- de meu acervo particular e em exposição permanente no Ajê.



A artista plástica Luiza Drumond



Optei por um Gin com notas bem características de nossa região, sobretudo do cerrado mineiro e a escolhida foi a ZuurGin. Após selecionar os artistas e as obras em sua maioria de meu acervo particular o “Gin Art Mineira” foi lançado em 13 de abril de 2023 e se tornou um enorme sucesso e o que era para ser uma única safra de 400 garrafas já está em sua 7º edição, ultrapassando milhares de unidades comercializadas em diversas partes do país e do mundo.



Agradecimento escrito de Yara Tupynambá à este colunista



Dentre os participantes do projeto estão os artistas plásticos e especiais amigos Luiza Drumond, Solange Raso, Rodrigo Santto, Luiz Pêgo e Yara Tupynambá.


Confiram as fotos com registros de Ton Nettos.



Yorumlar

5 üzerinden 0 yıldız
Henüz hiç puanlama yok

Puanlama ekleyin
bottom of page