01 - CAPA 00.jpg

jornal

espaço

horizonte

adriana.jpg
  • espaco horizonte

"Dezembro Laranja" - Campanha contra o Câncer de Pele




A matéria de hoje do @jornalespacohorizonte é sobre o câncer de pele.

Este tipo de câncer é provocado pelo crescimento anormal das células que compõem a pele. São vários os tipos de câncer da pele e que podem se manifestar de diferentes formas.

Os mais comuns denominados carcinomas basocelular e carcinoma espinocelular são chamados de câncer não melanoma e podem apresentar altos percentuais de cura se diagnosticados e tratados precocemente.

O tipo melanoma não é o mais comum, mas é o mais agressivo e potencialmente letal.



Desde 2014, a Sociedade Brasileira de Dermatologia promove o Dezembro Laranja, iniciativa que faz parte da Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer da Pele.

O tema escolhido enfatiza que câncer da pele é coisa séria e que a conscientização deve começar na infância.




Procuramos a dermatologista, Dra Simone Helena da Silva, que faz parte da Sociedade Brasileira de Dermatologia para nos falar um pouco do assunto.


Jornal Espaço horizonte:

Nos fale sobre a incidência de câncer de pele no Brasil.


Dra. Simone:

Infelizmente o Brasil é o campeão de câncer de pele. E o câncer de pele, entre todos os tipos de câncer, sempre está em primeiro lugar.

Somos um país tropical e as pessoas gostam do sol e muitas vezes se expõe a ele totalmente desprotegidas.

Com o tempo, esta consciência tem melhorado, mas apesar das pessoas hoje terem acesso a mais informações e orientações, a terem inclusive mais recursos, a pesquisa da Sociedade Brasileira de Dermatologia vem mostrando que a cada ano que passa o câncer de pele não diminui, só aumenta em número de casos, ganhando disparadamente de outros tipos de câncer.



Jornal Espaço horizonte:

Como deve ser a exposição das pessoas ao sol?


Dra. Simone:

O mais importante é a pessoa saber aproveitar o sol. O sol é importante, faz bem para a saúde. Evite se expor ao sol e ficar vermelho pois danifica a composição do DNA.

Usar sempre o filtro solar, no mínimo o fator 30, diariamente, pelo menos nas áreas expostas, reaplicando a cada duas horas ou sempre que houver contato com a água.

Crianças acima de seis meses devem usar roupa com proteção uv pois agem como grandes aliadas da nossa pele, bloqueando os raios do sol nocivos à saúde.

Adolescentes até 20 anos devem se cuidar para não ter queimaduras solares pois estas estão associadas a um câncer que é o mais grave da pele: o melanoma. Evitar estas queimaduras solares é o mais importante para prevenir o câncer de pele.

Todas as pessoas devem se proteger devidamente dos raios solares com muita consciência.



Jornal Espaço Horizonte:

Qualquer pessoa pode ser acometida pelo o câncer de pele?


Dra. Simone:

Há pessoas que são mais propensas a ter o câncer de pele e se já houver um histórico familiar as chances são maiores. Então se proteja mais.



Jornal Espaço Horizonte:

Como podemos nos precaver?


Dra. Simone:

Limpar bem a pele, hidratar e usar o protetor solar já vai ser um ótimo procedimento para evitar o câncer de pele. Já é uma prevenção. Usar também proteção física ajuda muito. Boné, óculos escuros, chapéu, e roupas com proteção uv. Principalmente para quem gosta de esportes ao ar livre.





Jornal Espaço Horizonte:

Gostariamos de saber sobre as pintas?


Dra. Simone:

É preciso prestar muita atenção em pintas que crescem, manchas que aumentam, sinais que se modificam ou feridas que não cicatrizam pois podem revelar o câncer de pele.

Qualquer pinta diferente que apareça no corpo deve ser considerada. Pinta vermelha, pinta que coça, pinta que muda de cor para mais escura ou para mais clara, tendendo para a cor branca é importante avaliar. Qualquer alteração é importante: vermelhidão, sangramento ou qualquer mudança considerável, é indicado procurar o dermatologista imediatamente para uma avaliação.

Não podemos subestimar a doença e devemos levar em consideração as medidas de foto proteção desde a infância. Os hábitos de exposição solar na infância são capazes de influenciar tanto no envelhecimento quanto no desenvolvimento do câncer de pele.



Agradecemos todas as orientações da Dra. Simone Helena da Silva para nos precaver do câncer de pele.

Se cuide e se proteja.

Viva a vida! Com segurança e conscientização para uma vida saudável!


Dermatologista

Dra. Simone Helena da Silva

31 3334 6312