top of page
  • Foto do escritorespaco horizonte

BH Airport recebe o Prêmio Hugo Werneck


BH Airport recebe o Prêmio Hugo Werneck
BH Airport recebe o Prêmio Hugo Werneck

 

BH Airport recebe o Prêmio Hugo Werneck, o “Oscar da Ecologia”, por seu projeto de descarbonização


Referência nacional de premiação em sustentabilidade, reconhecimento aconteceu nessa terça-feira (2/4) e homenageou aeroporto pela redução das emissões de gases poluentes

 

Primeiro aeroporto neutro em carbono do Brasil, o BH Airport foi reconhecido como “Melhor Exemplo em ESG” por seu projeto de descarbonização com o Prêmio Hugo Werneck de Meio Ambiente & Sustentabilidade. Idealizada pela Revista Ecológico, a premiação está na 14ª edição, acumula mais de mil inscrições e se tornou referência nacional como o “Oscar da Ecologia” brasileira.

 

A cerimônia de premiação ocorrida nessa terça-feira (2/4), em Belo Horizonte, contou com a presença da Ministra do Meio Ambiente, Marina Silva. O prêmio também conta com a participação da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

 

Com o tema “Pensar globalmente, agir localmente”, a 14ª edição do Prêmio evidenciou a importância da municipalização da questão ambiental. Nesse sentido, o BH Airport se destacou como um importante equipamento dentro do Estado que contribui para as metas globais de sustentabilidade. A premiação foi concedida ao aeroporto por sua política para redução das emissões de gases de efeito estufa.

 

“Estamos honrados e felizes por mais esse reconhecimento, que comprova nosso compromisso com uma operação sustentável. É uma maneira de preservar os recursos do planeta, para que as próximas gerações possam se beneficiar das mesmas riquezas naturais que nós. Desde 2017, atuamos com metas anuais de redução das emissões diretas, além de trabalhar o engajamento das empresas parceiras que operam no terminal. Em 2023 neutralizamos as emissões residuais dos escopos 1 e 2 e queremos zerar todas as emissões diretas até 2044, contribuindo para um presente e um futuro melhores”, afirma o Gerente de Engenharia e Manutenção, Emerson Chaves.

 

Além do prêmio Hugo Werneck, o BH Airport tem outras certificações de relevância em sustentabilidade. Em 2023, o aeroporto recebeu a acreditação de emissões de carbono no nível 3+ e se tornou o primeiro aeroporto neutro em carbono do Brasil pelo programa Airport Carbon Accreditation, pela terceira vez consecutiva, como um Aeroporto Verde, pelo programa "Green Airport" do Conselho Internacional de Aeroportos – América Latina.  Além disso, o terminal foi reconhecido como o aeroporto mais sustentável do Brasil pelo programa Anac Aeroportos.



BH Airport recebe o Prêmio Hugo Werneck
BH Airport recebe o Prêmio Hugo Werneck

 

Compromisso com o impacto ambiental e social

 

Além de sua política de descarbonização, o BH Airport desenvolve uma série de ações focadas em ESG, reafirmando seu compromisso com um legado sustentável e justo. O ano de 2023 foi um marco importante para o fortalecimento dessas ações. Conheça 4 áreas destaques da sustentabilidade no BH Airport:

 

1 - Energia


Certificado REC: energia elétrica renovável

Essa é uma certificação concedida pela Cemig e que atesta que o BH Airport adquire energia elétrica de fonte 100% renovável. O documento comprova e rastreia a origem da energia adquirida e garante que é a mesma de fontes renováveis. A certificação zera as emissões relacionadas ao consumo de energia elétrica e inclui a energia repassada aos cessionários e empresas que atuam no aeroporto.


Projeto 400HZ + PCA

O Reconhecimento Green Airport Recognition pelas boas práticas socioambientais foi concedida ao BH Airport pelo projeto 400HZ + PCA para apoio a aeronaves em solo, utilizando energia elétrica renovável.


Se trata de investimento em equipamentos que fornecem energia elétrica (certificada como de fonte renovável) para as aeronaves, durante os serviços de embarque e desembarque. Antes, esse processo ocorria por meio de abastecimento de querosene de aviação e/ou geradores a diesel. Com a eletrificação, as companhias ganham em eficiência financeira, mitigação de ruído e diminuição de gases de efeito estufa.



2 - Preservação da fauna


Durante o ano de 2023 foram capturados 266 animais na área do aeroporto. Os animais são realocados em áreas preservadas de acordo com a Licença de Manejo de Fauna emitida pelo órgão ambiental. Além disso, foram realizadas 11.197 dispersões de fauna, por meio de técnicas como a falcoaria e o cão treinado.


Essas ações contribuíram para que em 2023 o BH Airport obtivesse seu melhor resultado no indicador de colisões entre aeronaves e fauna a cada 10.000 movimentos (Colisão/Movimento X 10.000), o que é um excelente resultado no que tange à proteção da biodiversidade e à segurança das operações.



3 - Emissão de efluentes


Em 2023, as emissões relacionadas ao tratamento de efluentes diminuíram 31% em relação ao ano de 2022. Isso foi possível por meio da operação das Estações de Tratamento de Águas Cinzas dos terminais de passageiros 1 e 2, que proporcionou uma diminuição no volume de efluentes direcionado para a Estação de Tratamento de Efluentes (ETE).



4 – Coleta seletiva solidária


O BH Airport atingiu o recorde de 2,5 mil toneladas de resíduos destinados ao Programa de Coleta Seletiva. O trabalho acontece em parceria com a Ascamare - Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Lagoa Santa e consiste no descarte adequado de papel, vidro, plástico e metais, além da redução do volume de resíduos dispostos em aterros sanitários.


O Programa de Coleta Seletiva contribui ainda para a geração de emprego e renda da população do entorno do aeroporto. Atualmente, cerca de 30 famílias de Lagoa Santa, município vizinho ao terminal, são beneficiadas com a doação dos resíduos para a Ascamare, parceira do BH Airport desde o início da concessão do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte.



Sobre o Prêmio Hugo Werneck

 

O “Prêmio Hugo Werneck de Sustentabilidade & Amor à Natureza” foi criado em 2010 em homenagem ao ambientalista mineiro Hugo Werneck (1919-2008). Um dos precursores da consciência ecológica na América Latina – ele foi o fundador do Centro para a Conservação da Natureza e defensor da criação de importantes áreas verdes de Minas Gerais, como os parques Nacional da Serra do Cipó e Estadual do Rio Doce. Dr. Hugo acreditava que só o amor, a informação e a educação ambiental podem mudar a atitude do ser humano em relação ao meio ambiente e à natureza que nos resta.



Sobre o BH Airport 

 

Com localização estratégica e um dos principais hubs do país, o BH Airport atende a quase 70 destinos nacionais e internacionais. Desde 2014, o aeroporto é administrado por uma concessão, formada pelo Grupo CCR, uma das maiores companhias de concessão de infraestrutura da América Latina, e por Zurich Airport, operador do Aeroporto de Zurich, o principal hub aéreo da Suíça e considerado um dos melhores aeroportos do mundo, além da Infraero, estatal com experiência de mais de 40 anos na gestão de aeroportos no Brasil. 


BH Airport recebe o Prêmio Hugo Werneck

 

Comments


bottom of page