top of page
  • Foto do escritorespaco horizonte

Alongamento de cílios pode causar danos aos olhos




Ao redor do mundo foram relatados casos pela imprensa de mulheres que tiveram algum grau de comprometimento nos olhos após se submeter à técnica de extensão de cílios. Conjuntivite química, perda dos cílios naturais, tersol, inflamação, lesão na córnea e úlcera foram alguns dos problemas citados e que vejo regularmente no consultório.

O alongamento de cílios consiste em colar fios sintéticos ou de seda em cima dos existentes, entretanto, dependendo da técnica empregada, como a de tufos colados em um único fio, pode gerar queda ou quebra dos cílios naturais, até mesmo impedir seu crescimento, pelo próprio peso mecânico. Outros riscos, explica a Dra. Paula Veloso Avelar Ribeiro, oftalmologista do Instituto de Olhos Minas Gerais (IOMG), especialista em retina e uveíte, são de obstrução das glândulas responsáveis pela produção da nossa lágrima, alergia, infecção bacteriana, abrasão na córnea e úlcera, devido à cola utilizada ou quando ela entra em contato direto com os olhos.



Dra. Paula Veloso Avelar Ribeiro



Por isso é tão importante se cercar de cuidados antes de passar pelo procedimento, a começar pela escolha de um local seguro e de um profissional certificado que preza pela higiene e limpeza do espaço e dos utensílios de trabalho. Opte por não exagerar na quantidade de fios colados e faça intervalos de manutenção de três a cinco meses, a fim de reduzir o risco de danos. Segundo a dra Paula Veloso, os produtos usados no alongamento de cílios podem causar alergia, que se não melhorar ao final do procedimento e vier acompanhada de edema e vermelhidão nos olhos demandará uma avaliação imediata de um oftalmologista ou atendimento no serviço de urgência.

Vale lembrar que assim como a aplicação de cílios artificiais, a maquiagem pode afetar a saúde ocular se não forem adotadas as precauções necessárias. Não use produto vencido, pois pode estar repleto de micro-organismos e desencadear uma infecção. Se o cosmético cair nos olhos, lave-os com soro fisiológico abundantemente. Retire a maquiagem dos olhos com removedor próprio para a região ou shampoo infantil neutro. Higienize os pincéis com frequência e não compartilhe maquiagem. Com prudência e orientação médica é possível manter seu ritual de beleza.


bottom of page