• espaco horizonte

Abertura da exposição "Serrapilheira" com o artista Raul Leal



Reserve um horário na sua agenda de eventos virtuais: na próxima terça, 3 de maio, às 19h.

A Casa Fiat de Cultura realiza um bate-papo online com o artista Raul Leal, para marcar a abertura da exposição "Serrapilheira", em cartaz na Piccola Galleria até 19 de junho.

O artista vai falar sobre suas inspirações, processo criativo, técnicas de realização das obras e curiosidades sobre "Serrapilheira".


A mostra reúne um conjunto de 27 fotografias, que invertem a imagética de um Brasil eternamente verde, tradicionalmente representada por artistas viajantes ao longo dos séculos. As obras são divididas em suas séries, “Ventania”, que apresenta uma região afetada pela cultura do café e extração da madeira; e “Rebento”, em que o artista documenta o que seria a possibilidade de reconstrução dessa paisagem.




Sobre a exposição

O nome da exposição faz referência à camada de material orgânico ou de decomposição, que se deposita no solo das florestas. A chamada serrapilheira é esse conjunto de folhas, frutos, lascas de troncos e galhos que acabam formando uma espécie de tapete fértil na superfície, que pode ter composição variada, de acordo com o ecossistema em que está presente. Sua principal função é garantir o reaproveitamento de nutrientes na natureza, além de ter um importante papel geológico, em especial nas regiões chuvosas. Na mostra, Raul Leal traz, justamente, esse novo olhar sobre a paisagem da região em que vive: ao mesmo tempo em que apresenta a situação de desmatamento, com registros do que ainda ficou, ele promove uma ação de regeneração, ao tentar recompor esse cenário com mudas de novas plantas.




Raul Leal


Raul Leal, natural de Miracema – RJ, vive e trabalha no Rio de Janeiro. Frequentou a Escola de Artes Visuais do Parque Lage RJ, de 2005 a 2011, em cursos de pintura, desenho, história e teoria da arte, com João Magalhães, Daniel Senise, Suzana Queiroga, Anna Bella Geiger, Fernando Cocchiaralle, entre outros. Frequentou o Grupo Alice sob orientação de Brígida Baltar e Pedro Varela em 2011 e 2012, o Grupo de Estudos com Ivair Reinaldim em 2012 e 2013, e o Grupo de Estudos sobre Arte Contemporânea com Daniela Name em 2014.


É especialista em gestão cultural pela Fundação Cecierj RJ. Residências no Parque Nacional de Itatiaia, na Universidade Federal do Espírito Santo e no Parque Nacional do Caparaó. Utiliza em sua produção artística os meios da pintura, desenho, fotografia, instalação e vídeo.


Foto divulgação Casa Fiat de Cultura